Fale Conosco agora (47) 99984-0233

Pescada

Outro peixe bem comum em nossas águas é a pescada, que pode chegar a 1m de comprimento e são distinguidos de outras espécies pela a barbatana anal e o número escamas da linha lateral.

Na costa brasileira ocorrem mais de 30 espécies de Pescada. Entre as características mais interessantes desse grupo está a capacidade de produzir sons por músculos associados à bexiga natatória. As espécies mais comuns são a Pescada-amarela, que pode alcançar 1m e 30kg e tem a cor amarela, e a Pescada-olhuda, de coloração prateada e olhos grandes, que alcança no máximo 50cm.

A biologia reprodutiva da pescada não é bem compreendida, mas estudos determinam que sua desova possa ser múltipla, o que significa que tem várias estações de acoplamento no ano.

Pescadas macho e fêmea se tornam sexualmente maduros quando estão com cerca de 1 a 2 anos de idade. Desova e postura de ovos são todos feitos perto da costa dos estuários.

Durante as diferentes fases da vida, a dieta da pescada varia, nas fases larval e juvenil, se alimentam principalmente de crustáceos. Quando jovens se alimentam de camarões e anchovas e quando adultos comem uma variedade de espécies, anelídeos, moluscos, crustáceos e outros peixes.

Pescadas são peixes orientados visualmente quando se trata de procurar e capturar a presa. Quando eles veem uma presa, eles se movem lentamente em direção a ela.

Fonte: http://www.aquafort.com.br/informacoes-de-pesca/item/peixe-pescada-amarela-branca | http://www.peixes.info/peixe-pescada.html



Deixe uma resposta